Sexta, 18 de Junho de 2021
27 99868 6708
Geral LINHARES

Abertas as inscrições do Concurso da Qualidade de Amêndoas de Cacau Capixaba

O concurso está na sua 5ª edição e as inscrições são efetuadas na Secretaria Municipal de Agricultura de Linhares ou nos escritórios locais do Incaper.

10/06/2021 13h50
Por: Redacão
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Os cacauicultores que ainda não inscreveram suas amostras no Concurso da Qualidade de Amêndoas de Cacau Capixaba têm até o dia 12 de julho para inscrever suas amostras. Os produtores de Linhares estão aptos a participar na “Categoria Linhares”, enquanto os de outras cidades na “Categoria Demais municípios do Espírito Santo”. O concurso está na sua 5ª edição e as inscrições são efetuadas na Secretaria Municipal de Agricultura de Linhares ou nos escritórios locais do Incaper.

O primeiro lugar de cada categoria receberá o prêmio de R$ 3.000,00; O segundo de R$ 2.000,00; E o terceiro de R$ 1.000,00. Serão duas etapas de avaliação. Na primeira, as amostras dos produtores inscritos serão codificadas, garantindo a confidencialidade durante todo o processo do concurso.

Na segunda etapa, as amostras serão enviadas para o Centro de Inovação do Cacau (CIC), em Ilhéus, na Bahia, e serão avaliadas por uma comissão técnica especializada que fará a seleção das 20 melhores amostras. A avaliação será por meio do uso de métodos padronizados na prova de corte, em conformidade com a ISO 2451/2014, observando vários itens: físicos (peso, tamanho e umidade da amêndoa), químico (pH), sensorial de aroma, índice de  fermentação e percentual de defeitos que não devem ultrapassar o total de 3,0% como mofo interno, ardósia, ataque de insetos, germinadas, achatadas, etc.

O concurso é uma realização da Secretaria de Agricultura, Aquicultura, Pecuária e Abastecimento, da Prefeitura Municipal de Linhares e da Chocolates Garoto, com o apoio do  Incaper,  Ceplac, Sicoob, Sebrae, Faes / Senar / SRL, Centro  de Inovação do Cacau (CIC), Comitê Nacional de Qualidade de Cacau Especial (CNQCE), Acau, Apropeba, Coopercau e a organização do Instituto Ampliê.

Classificação e Destaque Estadual

As amêndoas das seis melhores amostras de cada categoria classificadas na segunda etapa serão processadas nos laboratórios da sede do CIC e transformadas em chocolate. Os chocolates serão avaliados por um Júri Especializado, segundo métodos de avaliação sensorial de licor e chocolate, conforme padrões internacionais do Programa Cacau de Excelência (CoEx).

A ordem de classificação em cada categoria com os respectivos vencedores, após a análise sensorial na prova de degustação, será divulgada no dia 19 de agosto. O concurso conta, ainda, com o “Destaque Estadual” e o título será concedido ao produtor que obtiver o maior número de pontos positivos da prova de degustação entre os classificados das duas categorias.

Ele1 - Criar site de notícias