Operação PRF

PRF divulga balanço do feriado de Ano Novo – Operação Rodovida

Houve diminuição no número de acidentes, mortos e feridos em relação a 2017; mais do que dobra o número de condutores flagrados sob efeito de álcool ao volante

02/01/2019 13h13
Por: Redacão
Foto: Divulgação PRF
Foto: Divulgação PRF

A Operação Ano Novo da Polícia Rodoviária Federal – com atuação em todos os estados do Brasil – terminou nesta terça-feira (01). A ação, que teve início na sexta feira (28), registrou diminuição no número de acidentes graves e aumento nas autuações relacionadas às condutas que mais geram morte no trânsito. Houve maior apreensão de drogas, munições e armas.

No período de cinco dias de operação, a PRF registrou um aumento de 107% nos flagrantes de embriaguez ao volante; foram 1.327 autuações esse ano contra 640 no ano passado; 5.301 autuações por falta de cinto de segurança contra 2.133 em 2017, o que representou 149% a mais; 856 motociclistas sem capacete foram flagrados. Em em 2017 foram 329, um aumento de 160%; houve 180% mais autuações por transportar crianças sem cadeirinha. Foram 1.038 em 2018 e 371 em 2017; o número de flagrantes de condutores realizando ultrapassagens irregulares foi de 7.156, resultando num aumento de 59% comparado ao último ano, quando foram feitos 4.492 flagrantes.

No enfrentamento à criminalidade também houve aumento em relação às principais condutas. Quase 900 quilos de maconha foram apreendidos nos cinco dias de operação, contra cerca de 737 no ano passado. O acréscimo chegou a 22%; houve também um aumento nas apreensões de cocaína. A diferença alcançou 760% a mais. Foram 26,691 kg da droga esse ano, contra 3,102 kg em 2017; 21 armas de fogo apreendidas em 2018, 50% a mais que 2017, quando foram 14 armas; 234 munições em 2018 e 162 em 2017, isto é, 44% de aumento; o índice de veículos roubados recuperados subiu 38%. Foram recuperados 51 nesse ano contra 37 no ano passado; 341 pessoas foram detidas pela PRF em 2017. Em 2018 mais pessoas foram detidas pelo órgão, totalizando 576; o que representa 69% mais.

O esforço da PRF para incrementar as ações de policiamento e fiscalização teve foco na prevenção e redução da gravidade dos acidentes de trânsito e no aumento da percepção de segurança nas rodovias federais. Para intensificar o enfrentamento à criminalidade no período da operação, o órgão distribuiu 9.101 policiais de forma estratégica em todo país. Foram fiscalizadas 147.903 pessoas e 157.348 veículos; foram realizados 56.181 testes de etilômetro (bafômetro); 167.880 veículos acima da velocidade máxima permitida foram flagrados; as ações de educação para o trânsito alcançaram 16.616 pessoas.

A Operação Ano Novo está inserida no calendário da Operação Rodovida, que teve início na segunda quinzena do mês de dezembro, e seguirá até o dia 10 de março de 2019, abrangendo Natal, Ano Novo e Carnaval. A Operação Rodovida visa atingir os objetivos estabelecidos no Programa da Organização das Nações Unidas – ONU, Década Mundial de Segurança Viária 2011/2020, cuja meta prioritária é reduzir em 50% o número de mortos e de feridos em decorrência de acidentes de trânsito, recepcionado pelo governo brasileiro em maio de 2011, por intermédio do Pacto Nacional pela Redução de Acidentes no Trânsito – Pacto pela Vida.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias