Sábado, 08 de Maio de 2021
27 99868 6708
Saúde LINHARES

HGL de Linhares abre nova ala com 12 leitos de UTI Covid-19

Com isso, o hospital passará a contar com 63 leitos, sendo 32 de UTI e 31 de enfermaria para a Covid-19. O HGL passará para um total de 135 leitos gerais , 63 serão utilizados exclusivamente para pacientes em tratamento contra o novo coronavírus.

17/04/2021 08h40
Por: Redacão
Fotos: Secom/Felipe Tozatto.
Fotos: Secom/Felipe Tozatto.

O prefeito de Linhares Guerino Zanon anunciou na manhã desta sexta-feira (16) o aumento no número de leitos exclusivos para tratamento da Covid-19 no Hospital Geral de Linhares (HGL). Os investimentos são com recursos próprios do Município de Linhares.

A nova ala é composta por 12 novos leitos de terapia intensiva (UTI) e já entra em operação neste fim de semana. Com isso, o hospital passará a contar com 63 leitos, sendo 32 de UTI e 31 de enfermaria para a Covid-19. O HGL passará para um total de 135 leitos gerais , 63 serão utilizados exclusivamente para pacientes em tratamento contra o novo coronavírus.

O prefeito de Linhares, Guerino Zanon, reforça que o momento é delicado e que é preciso da colaboração de toda a população para reduzir a transmissão da doença e destaca que o Município está trabalhando dia e noite para não faltar assistência para os linharenses. Ele destaca o empenho a dedicação dos profissionais de saúde que atuam na linha de frente da pandemia, e que já chegam a um esgotamento físico e emocional.

“Atuamos para expandir o quanto podemos, dentro do equilíbrio necessário e de um cronograma de investimento que levou em conta todas as dificuldades para comprar equipamentos e contratar as equipes”, afirma o prefeito. “Conseguimos manter ao longo de todo esse período a ocupação dos leitos dentro de um patamar controlável, atendendo todos os pacientes”.

Guerino lembra ainda que abrir novos leitos não depende apenas de espaço físico e de recursos financeiros. “Um leito para pacientes com covid-19 exige muita complexidade, equipamentos adequados e profissionais intensivistas especializados, tudo isso tem um limite. O alerta ocorre em razão do risco do sistema de saúde ter limites de estrutura, neste momento, que é considerado o mais crítico da pandemia”.

Ele1 - Criar site de notícias