Sábado, 08 de Maio de 2021
27 99868 6708
Polícia SOORETAMA

Foragido da Justiça que utilizava nome falso para ludibriar ação policial é detido em Sooretama

Após o interrogatório, o detido foi encaminhado para o Presídio Regional de Linhares e está à disposição da Justiça.

11/04/2021 15h27
Por: Redacão
Foto: Divulgação PC ES
Foto: Divulgação PC ES

Um homem de 31 anos foi detido, nessa quarta-feira (07), por policiais civis de Linhares e Sooretama, no bairro Vale do Sol, no município de Sooretama. O suspeito foi beneficiado por uma saída temporária, não retornou para o presídio e passou a utilizar identidade falsa para não ser recapturado. 

Segundo o responsável por coordenar a operação, delegado Fabrício Lucindo, chefe da 16ª Delegacia Regional de Linhares, o homem tem diversas passagens pela polícia, sendo três por roubo, duas por homicídio e uma por receptação e porte ilegal de arma de fogo. 

“O detido cumpria pena no presídio de Xuri, em Vila Velha, foi beneficiado por uma saidinha e não retornou para a cadeia. Falsificou um documento de identidade e estava se apresentando com o nome de um homem de 26 anos, quando foi preso novamente, no dia 11 de fevereiro, em Linhares, por receptação e colocado em liberdade após o pagamento de fiança”, explicou Lucindo. 

De acordo com o delegado, os policiais civis desconfiaram da identidade apresentada por ele, de um homem de 26 anos, e começaram a investigá-lo, quando descobriram a falsidade do documento. 

“Com essas informações em mãos, os policiais civis diligenciaram em Sooretama, onde havia pistas do paradeiro do foragido e o localizaram nessa quarta-feira. Surpreendido, não esboçou reação alguma e, ao ser interrogado, confessou que comprou a identidade falsa”, contou o delegado. 

Com esse trabalho, a Polícia Civil corrigiu o nome do preso e o detido vai responder, além de todos os crimes anteriores, por receptação de veículo roubado e uso de documento falso. 

Após o interrogatório, o detido foi encaminhado para o Presídio Regional de Linhares e está à disposição da Justiça.

Ele1 - Criar site de notícias