Sábado, 08 de Maio de 2021
27 99868 6708
Polícia LINHARES

PCES apreende drogas enviadas pelo correio em Linhares

Os conduzidos foram autuados pelo crime de tráfico de drogas e foram encaminhados para a Penitenciária Regional de Linhares (PRL), onde permanecem à disposição da Justiça.

12/03/2021 14h20
Por: Redacão
Foto: Divulgação PC ES
Foto: Divulgação PC ES

Três suspeitos de 18, 19 e 38 anos foram detidos, em flagrante, por tráfico de drogas, na última sexta-feira (05) e nessa terça-feira (09), por policiais civis de Linhares, Rio Bananal e Sooretama, com apoio de policiais civis de Aracruz, nos bairros Araçá, Interlagos e Shell, no município de Linhares. Durante a ação, foram apreendidos 24 frascos de cloreto de etila, conhecidos como frascos de loló. 

Segundo o chefe da 16ª Delegacia Regional de Linhares, delegado Fabrício Lucindo, a prisão dos três suspeitos finaliza uma investigação de 15 dias, revelando que alguns indivíduos estavam recebendo material entorpecente pelo correio. "A denúncia foi feita pelos informantes de confiança da Polícia Civil (PCES), fazendo, assim, a prisão dos suspeitos que foram surpreendidos na hora da abordagem. As drogas vinham do Rio de Janeiro e tinham como destino o município de Linhares", disse o delegado.

Ainda de acordo com Lucindo, a operação foi dividida em duas fases. "Na última sexta-feira (05), os policiais realizaram a operação em uma casa no bairro Interlagos e outra no bairro Araçá, e conduziram duas pessoas uma de 19 anos e outra de 38 anos. Nessa terça-feira (09), houve ação em outra casa, no bairro Shell, depois do recebimento do material entorpecente pelo correio, e um suspeito de 18 anos foi conduzido para Delegacia de Linhares", disse o delegado. 

Durante a operação, foram apreendidos 24 frascos de cloreto de etila, conhecidos como frascos de loló, que é uma substância proibida, e vários outros frascos vazios. "Agora a Delegacia de Polícia de Linhares está investigando a fonte de todo esse material entorpecente, para descobrir quem está enviando", afirmou Lucindo. 

Fabrício Lucindo destacou que a participação da comunidade na delação desse tipo de crime é crucial para o combate ao tráfico de drogas na região. “Solicitamos a ajuda da população para fazer as denúncias pelo Disque-Denúncia 181 para prender os criminosos por mandado de prisão. É de extrema importância, porque ajuda na prevenção dos crimes e também na prisão de criminosos, o Disque-Denúncia é a arma da população contra o crime”, orientou o delegado.

Os conduzidos foram autuados pelo crime de tráfico de drogas e foram encaminhados para a Penitenciária Regional de Linhares (PRL), onde permanecem à disposição da Justiça.   

Ele1 - Criar site de notícias