CORONAVÍRUS

Linhares confirma o primeiro caso de coronavírus

O outro caso monitorado deu negativo para o novo vírus.

15/03/2020 13h30Atualizado há 3 semanas
Por: Redacão

A Secretaria Municipal da Saúde de Linhares e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) do Espírito Santo confirmaram, na tarde deste sábado (14), o primeiro caso de infecção humana pelo novo coronavírus no Município. O outro caso suspeito foi descartado.

O teste positivo para o novo corona vírus foi confirmado oficialmente por exames realizados pelo Laboratório Central do Estado do Espírito Santo (Lacen-ES), considerado referência pelo Ministério da Saúde.

Sintomas

A pessoa com a doença confirmada apresenta sintomas leves de infecções respiratórias – febre, tosse, coriza, dor de garganta e cansaço, passa bem e segue em isolamento domiciliar voluntário, sendo monitorados pela Secretaria Municipal da Saúde.

A equipe da Vigilância Epidemiológica da secretaria municipal de Saúde segue monitorando ativamente outros possíveis contatos, por precaução. “Todas as medidas sanitárias estão sendo realizadas”, afirma a diretora da Vigilância Epidemiológica de Linhares e membro do Comitê de Enfrentamento da doença, Jackelen Ramos.

“Nossa rede municipal pública e a rede privada estão preparadas, aptas a identificar os casos suspeitos, notificar, confirmar e indicar isolamento aos pacientes”, explica Jackelene Ramos.

A diretora explica que o internamento só é indicado para casos com complicações, como infecção pulmonar. Mas alerta que é essencial manter o isolamento domiciliar, quando indicado.

As secretarias de Saúde de Linhares e do Estado são as responsáveis por monitorar casos suspeitos em Linhares.

Jackelene ressalta que após notificar o caso como suspeito, e passar por avaliação médica, coleta de amostras para exames e tratamento dos sintomas, a pessoa é orientada a permanecer em isolamento domiciliar voluntário enquanto aguarda o resultado dos exames.

O paciente classificado como caso suspeito é monitorado por telefone para acompanhamento da evolução do quadro de saúde.

Canal de informações

As informações sobre os novos casos de coronavírus têm como fonte oficial a SMS e a Sesa, uma vez que, considerando o caso de saúde pública e seguindo os protocolos do Ministério Público, apenas estas instituições são responsáveis por notificar e confirmar casos.

Os casos de coronavírus só são considerados oficialmente confirmados após testagem em laboratório de referência do Ministério da Saúde. No caso do Espírito Santo, este laboratório é o Lacen-ES.

Cidade preparada

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Saulo Rodrigues Meireles, o município se preparou para a chegada do novo coronavírus, com reuniões técnicas e orientativas para os profissionais de saúde.

Ao sinal de qualquer sintoma da doença, a população deve se dirigir a uma das 35 unidades de saúde do Município.

No início do mês, a Prefeitura de Linhares criou o Comitê de Enfrentamento à Doença composto por profissionais da secretaria municipal de Sáude, dos hospitais HGL, Unimed e Rio Doce para apresentar o plano de trabalho de Linhares para a prevenção, controle e condução nos possíveis casos suspeitos do novo coronavírus.

Além do comitê, foram realizados treinamentos e capacitações com os profissionais de saúde da rede pública e privada. Eles receberam informações sobre a nova doença, fluxos de atendimento, uso de equipamentos de proteção individual (EPIs), entre outros.

O que fazer em caso de suspeita

A diretora de Vigilância Epidemiológica da secretaria municipal de Saúde, Jackelene Ramos, orienta que as pessoas que retornam de viagem internacional em regiões onde há confirmação de transmissão local da doença fiquem alerta ao aparecimento de sintomas respiratórios nos próximos 14 dias após a volta. Se houver febre associada a outro sintoma respiratório, a orientação é procurar um serviço de saúde público ou privado.

“Em caso de suspeita, o paciente deve procurar a sua unidade de saúde mais próxima, na rede municipal de saúde; ou um pronto-atendimento, na rede particular. Os profissionais e serviços de Linhares estão atualizados e preparados para esse atendimento”, orienta.

Segundo Saulo, o fato de os sintomas da infecção pelo novo coronavírus parecem como os de uma gripe ou resfriado dificulta o diagnóstico, por isso, é importante informar o histórico de viagem já no início do atendimento.

O que fazer para se proteger?

  • Lavar as mãos com água e sabonete líquido com frequência, ou utilizar álcool 70%, principalmente antes de consumir algum alimento, ou tocar na boca, nariz ou olhos.
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal.
  • Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir.
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca, higienizar as mãos após tossir ou espirrar.
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.
  • Manter ambientes bem ventilados, evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença.
  • Pessoas com sintomas de infecção respiratória aguda devem praticar etiqueta respiratória (cobrir a boca e nariz ao tossir e espirrar, preferencialmente com lenços descartáveis e após higienizar as mãos)
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias