SÃO MATEUS

Idaf e Vigilância Sanitária apreendem produtos clandestinos em São Mateus

Além de carne bovina, a Vigilância Sanitária também apreendeu linguiça, bucho, toucinho, ossos bovinos, mocotó e queijo.

15/02/2020 14h46
Por: Redacão
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) e a Vigilância Sanitária de São Mateus apreenderam, nesta sexta-feira (14), 1.099 quilos de produtos de origem animal comercializados no açougue de um supermercado local sem documentação sanitária e sem nota fiscal.

A denúncia foi recebida pela equipe da Vigilância, que solicitou o apoio técnico do Idaf para executar a operação.

De acordo com a Vigilância Sanitária, o denunciante informou que notou a presença de capim e serragem de madeira na carne comercializada no local. O açougue está interditado até que regularize a situação e toda a carga foi destruída.

A médica-veterinária do Idaf Bruna Cruz informou que também foram identificadas carnes com coloração esverdeada, além da presença de larvas e pelos. “A ausência da documentação sanitária indica que esses produtos são provenientes de abate clandestino. A disponibilização desses alimentos para consumo coloca em risco a saúde dos eventuais consumidores”, alertou.

Além de carne bovina, a Vigilância Sanitária também apreendeu linguiça, bucho, toucinho, ossos bovinos, mocotó e queijo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias