FUNDÃO

Prefeito de Fundão é alvo de ação por improbidade administrativa

O prefeito tomou posse em 27 de outubro de 2017.

03/12/2019 15h08
Por: Redacão
Fonte: MPES
Foto: Divulgação MPES
Foto: Divulgação MPES

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justiça de Fundão, ajuizou uma Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa em face do atual prefeito e do secretário municipal de Turismo, Cultura e Lazer. Eles contrataram indevidamente os serviços de uma empresa de locação de equipamentos e entretenimento.

A investigação constatou que a mesma empresa prestou serviços durante a campanha do grupo político do atual prefeito nas eleições municipais de 2016, com valores abaixo do preço de mercado. Em troca, o grupo político se comprometeu a considerar proposta de futura contratação da firma pela prefeitura, caso conseguissem vencer a eleição.

O prefeito tomou posse em 27 de outubro de 2017. Na época, a prefeitura tinha contrato recém firmado com uma determinada empresa para executar os serviços de iluminação, sonorização e locação de palco. O contrato atendia às demandas existentes. Contudo, conforme as investigações do MPES, o prefeito e o secretário passaram a adotar medidas escusas para permitir a contratação da nova firma para realizar os mesmos serviços.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Rio Bananal - ES
Atualizado às 23h33
25°
Poucas nuvens Máxima: 34° - Mínima: 22°
25°

Sensação

10.7 km/h

Vento

81.3%

Umidade

Fonte: Climatempo
Moto Mais rentagulo
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias