x

OLÁ

OLÁ

CARETA DE PREVENÇÃO

Carreta de prevenção à hanseníase estará em Colatina, Barra de São Francisco e Ecoporanga

O "Carreta da Saúde – Hanseníase" atenderá outros nove municípios até 6 de dezembro.

19/11/2019 16h02
Por: Redacão
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Esta semana, a "Carreta da Saúde – Hanseníase" vai estar nas regiões central e norte do Espírito Santo. Nesta terça-feira (19) e quarta-feira (20), o veículo estaciona na cidade de Colatina. Já na quinta-feira (21) e sexta-feira (22), as cidades de Barra de São Francisco e Ecoporanga, respectivamente, recebem o veículo.

Equipada para funcionar como uma unidade de saúde itinerante, a carreta tem cinco consultórios e um posto de coleta de exames destinados a ações que favoreçam a busca ativa de casos novos de hanseníase.

Até o dia 6 de dezembro, outras nove cidades do Estado serão contempladas com serviços de diagnóstico e conscientização sobre a hanseníase no Estado.

A carreta é utilizada também para treinamento de equipes municipais sobre diagnóstico precoce da doença, tratamento, prevenção de incapacidades e promoção em saúde. Ela ficará estacionada em locais estratégicos e de fácil acesso nas cidades. A ideia é que a unidade atenda a população do município sede e também pessoas vindas de municípios vizinhos, em dias e horários específicos (ver cronograma).

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, a iniciativa é importante para informar a população em geral sobre os aspectos clínicos e sociais da doença. "No Brasil, a hanseníase é uma doença que passa por uma falsa eliminação, pois há uma redução da incidência da doença por redução no diagnóstico e não redução, de fato, da carga de doentes. Então, ações como essa são fundamentais tanto para treinar, garantir o acesso, dar um diagnóstico oportuno, quanto para promover o debate sobre a doença", ressaltou.

A ação é idealizada pelo Ministério da Saúde (MS) e pela Associação Alemã de Assistência aos Hansenianos e Tuberculosos (ONG DAHW), que conta com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa), da multinacional Novartis Brasil e dos municípios contemplados com o programa.

Dados

O Espírito Santo registrou em 2018, 1,46 casos por 10.000 habitantes (aproximadamente 572 doentes em tratamento e com 5% de abandono). Em 1993, o Estado documentou 24,46 casos por 10.000 habitantes (cerca de 6.540 doentes, com percentual de abandono do tratamento em 59%).

Em relação à detecção de novos casos, também houve queda nos números durante o mesmo período, passando de 3,21 casos para 1,19 casos a cada 100 mil habitantes. Só no ano de 2018, foram registrados 467 novos casos da doença no Estado.

A diminuição dos casos no Espírito Santo é, de acordo com a coordenadora do Programa de Hanseníase da Sesa, Marizete Puppin, consequência do trabalho desenvolvido pelo Estado. "São quase três décadas de trabalho intensivo. Temos um serviço contínuo nos municípios e o Estado segue no fluxo contrário dos outros estados no País, que têm aumentado o diagnóstico. O Espírito Santo tem um dos melhores índices de cura, mas ainda assim precisamos de ações como esta da carreta para ampliar nossas ações de alerta", explicou. 

Mesmo com a diminuição no número de casos, a doença é considerada pelo Ministério da Saúde como um problema de saúde pública. "É uma doença que persiste e os números são muito altos em comparação ao que preconiza a Organização Mundial da Saúde (OMS), que é menos de 1 caso por 10 mil habitantes. Por ser uma doença crônica, precisamos estar em permanente vigilância. No Brasil se fala em eliminação da doença, que significa trazer os números para os parâmetros e índices de menos 1 caso para 10 mil habitantes para todos os estados", esclarece Marizete Puppin.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
COLATINACOLATINA - ES Colatina é um município brasileiro no interior do estado do Espírito Santo, Região Sudeste do país. Sua população estimada em 2018 era de 121 580 habitantes,
Rio Bananal - ES
Atualizado às 05h12
19°
Poucas nuvens Máxima: 30° - Mínima: 19°
19°

Sensação

7 km/h

Vento

92%

Umidade

Fonte: Climatempo
Moto Mais rentagulo
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias