MEGA-NET
MEGA-NET
CUIDADOS

Hospital Estadual de Urgência e Emergência dá dicas de prevenção de quedas entre idosos

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de idosos tem se tornado cada vez mais representativo no Brasil.

SAÚDE E BEM ESTAR

SAÚDE E BEM ESTARCOLUNA VOLTADA A ASSUNTOS RELACIONADOS A SAÚDE E AO BEM ESTAR

18/06/2019 14h21
Por: Redacão

O Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória, realizou um levantamento especial sobre as lesões que mais afetam pessoas com 60 anos ou mais de idade. A unidade, gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), é referência capixaba em trauma e, de acordo com os dados, no ano passado, 300 pessoas com essa faixa etária foram atendidas, em sua maioria, por conta de quedas. As fraturas de fêmur, de punho e de coluna são as lesões mais comuns.

O coordenador da ortopedia do HEUE, Tercelino Hautequestt Neto, explicou que uma fratura de fêmur, por exemplo, é considerada uma das mais graves entre os idosos, podendo ampliar a mortalidade da população da terceira idade. “Uma fratura de fêmur pode afetar a funcionalidade do corpo humano. No idoso, os danos na mobilidade acabam aumentando a incidência de pneumonias, infecções urinárias, embolias gordurosas e infecções locais. Além disso o processo de recuperação é mais lento”, explicou o ortopedista.

Para Hautequestt, é recomendado que o idoso periodicamente faça acompanhamento com especialistas, além de praticar alguma atividade física. "A osteoporose é a maior causa de fraturas entre os idosos. Ela é uma doença silenciosa, que não apresenta dor, capaz de provocar a diminuição da absorção de minerais e de cálcio, ocasionando a perda acelerada de massa óssea. É importante adotar algumas medidas simples dentro de casa, com a intenção de evitar acidentes domésticos, além de fazer acompanhamento com especialistas para controle do grau de perda de massa óssea, através de medicamentos específicos”, acrescentou. 

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de idosos tem se tornado cada vez mais representativo no Brasil. Em 2012, a população com 60 anos ou mais era de 25,4 milhões. Em 2017, esse número passou para 30,2 milhões, um crescimento de 18% em apenas cinco anos.

Prevenção de quedas dentro de casa

Alguns cuidados e adaptações dentro de casa podem auxiliar na prevenção de quedas. Para a terapeuta ocupacional do HEUE, Synara Novais, iluminação inadequada, degraus altos e tapetes pela casa são grandes armadilhas no ambiente doméstico. “É importante sempre ter luz ao lado da cama, evitar tapetes e adequar a altura da cama do idoso, são atitudes simples, que reduzem os riscos e fazem diferença no dia a dia deles”, ressalta.

De acordo com terapeuta, as consequências de quedas vão além de fraturas graves. Elas podem afetar o emocional do idoso. “As consequências psíquicas podem gerar sentimentos de vergonha, invalidez e até depressão, além do temor de andar e cair novamente”, explicou a profissional.

Confira algumas dicas para prevenir as quedas:

Não deixar fios e/ou objetos espalhados pelo chão;

Estar atento a iluminação dos ambientes domésticos, principalmente os acessos entre os cômodos;

Fique atento aos efeitos colaterais dos medicamentos;

Coloque corrimão em banheiros, boxes de banhos, escadas e rampas;

Opte por sapatos antiderrapantes;

Mantenha os pisos secos;

Facilite o acesso a objetos de uso frequente;

Deixe sempre uma fonte de luz de fácil manejo e próxima a cama;

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 11 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Rio Bananal - ES
Atualizado às 01h55
22°
Pancada de chuva Máxima: 25° - Mínima: 15°
22°

Sensação

5.4 km/h

Vento

87.1%

Umidade

Fonte: Climatempo
Moto Mais rentagulo
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias