MAIS BRASIL
MEGA-NET
MOTO MAIS
LINHARES

Câmeras de videomonitoramento identificam vândalos que destruíram lixeiras no centro de Linhares

As ações de vandalismo contra o patrimônio público podem ser denunciadas por meio dos telefones 190 da Polícia Militar e 153 da Guarda Civil Municipal.

11/06/2019 13h16
Por: Redacão
Foto: Divulgação Prefeitura de Linhares
Foto: Divulgação Prefeitura de Linhares

Quem caminha pelas ruas e avenidas de Linhares vai encontrar uma cena em comum: todas estão com papeleiras novas, praticamente uma a cada poste. Elas fazem parte de um lote de 200 lixeiras instaladas há pouco mais de 30 dias. Mas a ação de vândalos está destruindo o investimento que tem o objetivo de deixar a cidade mais limpa e organizada: somente neste fim de semana 12 equipamentos foram quebrados. Todos localizados no centro da cidade.  O investimento para a instalação das 200 papeleiras foi de R$ 15.980,00. Cada equipamento custa aos cofres públicos R$79,00.

As câmaras de videomonitoramento da Prefeitura registraram a ação de dois indivíduos aparentemente menores e apontados como os principais suspeitos, depredando os equipamentos. A secretaria municipal de Segurança Pública já encaminhou as imagens para a 16ª Delegacia Regional de Linhares solicitando abertura de um inquérito policial para apurar a ação dos suspeitos. A depredação de patrimônio é crime previsto em lei e passível de três meses a três anos de detenção.

"É lamentável ver que as lixeiras instaladas recentemente já estão sendo destruídas. Não imagino o que passa pela cabeça desses vândalos que destroem o patrimônio público, que é nosso. São investimentos realizados com os nossos impostos, o nosso dinheiro. Só quero que a justiça aja e que os autores recebam a devida punição", disse indignado o gerente de farmácia, Evandro César Pandolfi. 

"Tais atitudes causam prejuízos aos cofres públicos, à população. É preciso entender que há um investimento da Prefeitura e quando bens públicos são destruídos são os moradores da cidade os mais prejudicados. Por isso, pedimos a colaboração da população. Em primeiro lugar, não depredando equipamentos públicos e, depois, denunciando, por meio dos telefone 190 da Polícia Militar e o 153, da Guarda Civil Municipal", pediu o secretário municipal de Segurança Coronel Jones Mattos.

Para o secretário municipal de Obras e Serviços Urbanos, João Cléber Bianchi, a comunidade ainda precisa se conscientizar de que o dinheiro gasto pelo município para reconstruir o que foi depredado é de todos. 

"Quem não cuida da cidade certamente não enxerga o quanto ela mudou e está mais bonita. São pessoas que não têm consciência de que o bem público não é da prefeitura, é de cada morador", ressaltou o secretário.

Novas Papeleiras

Com o objetivo de deixar a cidade mais limpa e conservada, a secretaria municipal de Obras e Serviços Urbanos instalou 200 novas papeleiras (lixeiras) nas proximidades dos pontos de ônibus, praças, perto de escolas, unidades de saúde, pontos turísticos, comércio, além dos balneários do Município. 

Características

Cada papeleira tem capacidade volumétrica de 50 litros e carga de 4,5kg.

Flagrante

Para coibir atos de vandalismo, a Prefeitura vai contar com a ação de fiscais e também com o apoio da Guarda Municipal, através do videomonitoramento. E, principalmente a denúncia dos atos de vandalismo pela população através dos telefones 153 da Guarda Civil Municipal e 190, da Polícia Militar.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Moto Mais rentagulo
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias