LINHARES

Mais de 6 mil pessoas participam da Festa de Caboclo Bernardo em Regência

O evento marcou o 28º Encontro Nacional das Bandas de Congo.

03/06/2019 13h24
Por: Redacão

Cerca de 6 mil pessoas participaram nesse fim de semana da festa centenária de Caboclo Bernardo, na Vila de Regência, no litoral de Linhares. O evento cultural reuniu turistas e apreciadores do congo capixaba de várias cidades do estado. As festividades foram em homenagem ao herói linharense e também marcou o 28º Encontro Nacional das Bandas de Congo, que neste ano contou com a participação de 36 bandas. 

Além do encontro das bandas de congo, os festeiros também prestigiaram shows musicais, apresentações culturais e atividades esportivas. "Foi tudo maravilhoso. Graças a Deus a nossa querida Vila esteve lotada durante os três dias de festa. O meu sentimento no momento é de gratidão e felicidade. Agradeço de coração a todos que participaram da festa conosco e vamos continuar os trabalhos para que em 2020 possa ser ainda melhor", disse um dos membros da Associação de Moradores de Regência (AMOR), Fábio Gama.

"Além de ser um evento cultural, a Festa de Caboclo Bernardo contribuiu para reestruturar e fomentar o turismo e a economia da região. Por esse motivo, estaremos sempre à disposição para apoiar a festa e promover dias melhores para os moradores da comunidade", disse o secretário municipal de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Ivan Salvador Filho. 

A festa de Caboclo Bernardo foi realizada pela Associação de Moradores de Regência, Associação Cultural do Congo de Regência, Associação Comercial de Regência, Associação de Artesanato de Regência, e conta com o apoio da Prefeitura de Linhares, por meio da secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, e Fundação Renova. 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias